15/06/2012

Na Guerra tambem há disto

As histórias passadas na Guerra, são sempre muitas.  Umas de rir, outras de chorar.
A sorte acompanhou o BCAC2877 durante o tempo que por lá andou a pisar as picadas e a desbravar aquele imenso mar de capim que nascia a olhos vistos.
Esta que agora vou tentar passar a escrito tem a ver com praticamente a data da nossa chegada a esse imenso deserto de humanidade a    que se chamou Zau Évua e que penso que só foi criado para colocar num "Tarrafal Angolano" todos os que lá foram parar.
Não tinham passado muitos dias da nossa chegada à capital do BCAC2877 quando eis que, isto era no princio da noite, ainda aquele lusco fusco não deixava que o breu das noites africanas ocultassem a claridade e a imensa estepe que circundava o aquartelamento se transformasse numa imensa escuridão. se ouvem umas rajadas de G3.
Gerou-se o alvoroço natural de quem chega à "guerra" e se depara com um presumível ataque dos "turras". Reboliço, movimento de pessoal dentro do arame farpado e de vez em quando lá se ouvia mais uns tiros.
A minha primeira preocupação foi procurar o meu "chefe" que era na altura o Ten Cor Matias, talvez ainda Major na altura.
Eis que o encontro na messe de oficiais, com a sua habitual calma, a que eu próprio me fui habituando, jogando sozinho um qualquer jogo de cartas.  Fez-me sinal, para esperar, para ter calma.  Assim fiz.
O tiroteio passou, tudo voltou à normalidade, segui-se o jantar e a vida continuou.
Os comentários surgiram sobre o que teria acontecido - nada mais nada menos que umas pacaças ou burros do matos que foram pastar para a pista de aterragem e terão sido os reflexos dos seus olhos que chamaram a atenção do sentinela que estava de vigia na torre da porta de armas, brilhando ao longe.
Tudo teria acabado senão tivesse acontecido um daqueles episódios caricatos, próprios destas ocasiões.
Então o que foi?
O Silva, furriel Cripto, pegou na espingarda, nas cartucheiras e capacete ( o nosso conhecido penico) e lá  foi à procura de que precisasse de ajuda para a defesa do quartel.
Até aí tudo bem.
Só que se esqueceu de calçar a botas e lá continuou de sandálias de enfiar no dedo.

Sem comentários: