29/01/2014

Angola 1970 - Chanas de Liberdade

No livro “Angola 1970, Chanas de Liberdade”, o autor retrata os dois lados da guerra colonial, o de uma Companhia Portuguesa e, ao mesmo tempo, os movimentos de libertação”.
Segundo Francisco do Ó Pacheco, em 1970, acontece um “conjunto de coisas extraordinárias”. A escolha da data não foi ocasional: “É o ano da morte de Oliveira Salazar, em que recrudesceu a luta antifascista em Portugal, apareceu a ação revolucionária armada do Partido Comunista Português e é quando os três dirigentes dos movimentos de libertação são recebidos no Vaticano pelo Papa” explicou o autor.

 

Sem comentários: