24/12/2010

Natal na Guerra de África

O Natal era assim na Guerra de África.  Juntava-se todo o pessoal e comia-se o bacalhau com batatas, azeite e alho.
Muitos anos passaram, mas fica a recordação, a amarga recordação dos dias passados por aquelas paragens, sempre na expectativa e na esperança de que a hora do regresso chegasse depressa sem que nada de mal acontecesse a cada um.
Muitos foram os que já não passaram o primeiro Natal ou o segundo Natal mesdmo longe da família querida e dos seus melhores amigos.
Sendo difícil recordar esses tempos, queremos deixar aqui esta singela recordação a esses novos companheiros e a tantos mais, que mesmo depois do seu regresso, nos dias de hoje, já não nos fazem comnpanhia.
Assim, fizemos a  Àrvore de Natal do BCAC2877, colocando os nomes de todos os companheiros na Guerra, muitos deles que mais tarde viraram e continuam grandes amigos.  Mas não nos esquecemos de lá colocar tambem, aqueles que já nos deixaram. Assim, recordamos a sua memória.
Noa dias que passam, onde se notam grandes dificuldades nos que estão "encarcerados" com todas as comodidades na "casa dos Segredos", pomos em reflexão, o que lhes poderia acontecer se estivessem como  nós, nas condições em que estivemos, dois anos. 
A todos os companheiros que sofreram nas frente da Guerra de África,  aqui lhes deixamos os votos de Festas Felizes.
Para o Ano de 2011 sempre com a esperança de que nos possamos volçtar a encontrar.
Um abraço

Sem comentários: