02/12/2009

CCAC2542 – LUFICO - Angola

Continuamos a procurar informações de antigos companheiros nossos que estiveram no Lufico.

Desde a concentração do BCAC2877 no Porto Brandão para os preparativos do embarque que a Companhia 2542 ficou sempre afastada do resto do Batalhão.

Rumou a Setubal e ficou lá para os lados de Albarquel onde fez o seu IAO ( Intrução de Adapatação Operacional) sem o contacto com as outras companhias do Batalhão. Lá nos encontramos no Vera Cruz e pouco mais.

O Lufico ficava fora da movimento habitual do MVL que fazia o percurso de Luanda a SSalvador, passando pelo Tomboco. Era aí que uma parte era desviado para o Norte a caminho do Lufico e então voltava para trás, pois à data não havia saída do Lufico mais para Norte a caminho do Congo.

Assim foi acontecendo e ainda houve algum contacto até ao dia que parte dos elementos da CCS sairamm definitivamente do Tomboco e rumaram a Zau Évua. Mais uma razão para que a CCAC2540 ficasse ainda mais isolada dos resto do nosso Batalhão.

À data, o Exercito já preparava psicológicamente bem os seus militares para algumas situações que iriam acontecer em futuro muito próximo o isolamento emm especial.

Todos sabemos que a única coisa que se sabia quando saímos de Lisboa, era que íamos directos a Angola. O Norte ou o Sul de Angola, seriam desconhecidos de todos ou da sua grande maioria.

Terá sido natural que o Comando do Batalhão soubesse do nosso destino e, pouco mais.

É esta uma das razões porque noso nossos almoços aparecem poucos elementos daquela companhia. Sabe-se que habitualmnete fazem um almoço anual e pouco mais.

Aqui fica mais um apelo para que alguem da CCAC 2542 contacte connosco e nos remeta algumas fotos do aquartelamento.

8 comentários:

Anónimo disse...

Não aparece a visitar-no ninguem do Lufico. Que pena.

Piko disse...

Olá meus amigos!
Estive no serviço militar em Angola no ramo de Eng.ria e também estive no isolado Lufico no ano de 1966!
Tenho até uma história dramática que vivi, creio que no dia 9 de Maio desse ano de 1966 e que poderia contar, porque fotos não tenho...
Já publiquei esta minha disposição em mais dois blogues e fico à vossa disposição!
Um forte abraço!

José Monteiro disse...

José Monteiro, estive no Lufico até 1970, como se lembram feri-me num tronco de árvore quando numa deslocação operativa de reconhecimento, na vista direita, fui evacuado para Luanda, e não mais voltei.
Estou a comentar com quem?
Sem mais um abraço Monteiro

José Monteiro disse...

Espero que consiga comunicar, respondi mas como não obtive resposta. Volto a tentar.
José Monteiro
1969 a 1970, por motivos de evacuação, não cumpri a totalidade da comissão.

caç4742/72 disse...

http://companhiacacadores474272.blogspot.pt/

Antonio Geraldes disse...

Pertenci à 2542. Convém esclarecer algumas indicações menos correctas constantes do texto no blogue. A 2542 fez o seu IAO em Murfacém, no alto da Trafaria, num antigo aquartelamento de artilharia de costa do tempo da Segunda Guerra. Nos últimos 15 dias fomos passar "férias" para o pinhal da Fonte da Telha, como as outras companhias do batalhão.
O caminho que ia do Tomboco ao Lufico fazia parte da "estrada Luanda-Noqui e continuava até essa povoação.
O abastecimento de Nóqui era feito pelo rio Zaire, pelo que o MVL ia aé ao Lufico e regresava ao Tomboco.
Salvo melhor informação, a 2542 foi a primeira e única Ccaç a aguentar dois anos (25 meses) no Lufico. Como diria o outro, não fomos melhores nem piores mas somente diferentes.
Obrigado pela existência do blog
A Geraldes

CARLOS CAMILO disse...

Não me lembro de ti José Monteiro. Eu também estive em 1969 a 1972 lá. Tomei conta da parte de reabastecimento de material (Parque Auto). Por aqui aparece pouca malta.....infelizmente...!!..Abraço

José Monteiro disse...

Estive no pelotão, do alferes Kaiseler, como furriel miliciano, o outro furriel era o Sá. vim evacuado para Luanda em out70, porque quando numa deslocação para uma caçada a viatura em que seguia se despistou e bateu numa pequena árvore, partindo-a e uma pequena lasca se espetou na vista esquerda, e o Dr. achou por bem eu vir a uma consulta de oftalmologia ao H. M. L. . Quando pensava, que já tinha alta, fui sim evacuado para H.M.Lisboa. (Estive internado em oftalmologia até Janeiro 1971). Passei á reserva em jun71.
Lembro-me de ti jovem como eu.
Vais ao site ccaç2542, estão algumas fotos minhas.