28/12/2008

Generais

Não admira nada.

Afinal, só para comandar a GNR havia 12 ou 14.

Assim se vai o dinheirinho dos impostos

Angola em Guerra, 14 vezes maior que Portugal, não tinha tantos generais como a GNR tinha ou tem. Pode lá ser?

 
 

Quem passou pela Guerra de África, obrigado, sabe quanto lhe custa saber da existência de situações deste tipo

Apesar da brutal redução do Exército

Portugal tem mais generais do que em 74 ( e na Marinha e na Força Aérea quantos mais "generais" há?

Por Helena Pereira

O exército tem hoje mais 17 generais do que em 1974, altura em que estava empenhado na guerra colonial e em que tinha 42.438 praças para comandar

Em 1974, o número de generais era 41, de acordo com a Resenha Histórico-Militar das Campanhas de África, de Themudo Barata. Hoje, são 58, enquanto as praças diminuíram drasticamente para cerca de 12.500 com o fim da guerra colonial e, mais recentemente, do serviço militar obrigatório.

O Exército tem actualmente 33 generais no ramo, enquanto os restantes estão colocados na GNR, no Ministério da Defesa Nacional, no Estado-Maior-General das Forças Armadas, na Presidência da República e em São Bento.

No último anuário estatístico do Ministério da Defesa, datado de 2006, o número era ainda mais alto: 65.

Sem comentários: