08/04/2008

DO - Acidentado




















Depois de uma missão de Revis ( Reconhecimento aéreo), este foi estado em que ficou uma avioneta Do (27) após ter-se despenhado nas imediações do aquartelamento de Zau Évua.


O piloto faleceu e dois outros militares sobreviventes ficaram muito mal tratados, tendo sido evacuados para Luanda por meios aéreos.





Motor:Lycoming GO-480-B1A6 de 270 hp
Dimensões:Envergadura.................. 12,00 m

Comprimento................. 9,54 m

Altura............................ 3,28 m

Area alar....................... 19,40 m2
Pesos:Peso vazio..................... 983 Kg

Peso equipado................ 1570 Kg
Performances:Velocidade máxima......... 250 km/h

Raio de acção................. 870 km

Tecto de serviço.............. 5500 m

Razão de Subida.............. 198 m/min
Resumo histórico
Os aviões Do 27, de que a Força Aérea teve 133 exemplares nas versões A3 e A4, começaram a ser recebidos em 1961. Estes aviões foram adquiridos para operação no Ultramar, em missões de transporte ligeiro, evacuação sanitária e reconhecimento armado - para o que era equipado com lança foguetes - e operaram, praticamente, de todas as unidades do Ultramar.

No fim das hostilidades alguns aviões foram cedidos aos novos países independentes e os restantes voltaram para a Metrópole

Sem comentários: