27/04/2009

Livros para as crianças de Ambrizete

Vamos por em marcha nesta fase, a hipótese de enviar para Ambrizete muitos livros que todos nós temos nas nossas casas e que foram dos nossos filhos e netos e que já estão desde há muito sem serem lidos ou tocados por quem quer que seja.
Já começamos os contactos com Angola, amigos nossos do Ambrizete, na expectativa de se planear o envio, a recepcção e a guarda em Luanda até ao seu transporte para Ambrizete.
Aguardamos sugestões sobre este tema

1 comentário:

Anónimo disse...

Louvo a ideia mas é necessário muita precaução.Segundo relatos recentes, há mercadoria que não chega a passar do aeroporto.Não sendo os livros uma mercadoria muito cobiçada, pode ser que escapem mas mesmo assim é preciso cuidado.Se a recepção e encaminhamento for feito por amigos residentes em Angola, o risco é menor porque eles "mexem-se" melhor naquelas burocracias do tamanho dum castelo.Parabéns pela ideia e que tudo corra bem.Um abraço.CasalCasal